Primeira prova do Sertões Series, SARR 2024 consagra vencedores
10 de fevereiro de 2024 | Recentes RALLY
COMPARTILHE
FacebookTwitterLinkedIn

Oito etapas e mais de três mil quilômetros de percurso ficaram para trás. O sábado (10) marcou a definição do South American Rally Race (SARR), válido como primeira das quatro provas do Sertões Series, na Argentina. E consagrou os vencedores de uma edição exigente, com grande variedade de terrenos, altas temperaturas e a participação de pilotos e navegadores de sete países. Os brasileiros fizeram bonito.

Sylvio de Barros / Ramon Sacilotti (Toyota GR Hilux DKR T1+ / R.Mattheis) foram campeões nos carros em sua primeira participação. Com direito a serem os mais rápidos em todas as etapas.

Nas motos, a vitória ficou com o argentino Martin Duplessis (Honda CRF 450RX / Honda Racing Brasil), segundo colocado no Sertões 2023 e atual campeão latino-americano. Ele superou o mineiro Marco Antônio Pereira (KTM 450 EXC / Txai Rally Team), segundo em sua estreia. O equatoriano Carlos Kaluka Malo completou o pódio geral, vencendo ainda a categoria M2.

Entre os demais brasileiros, Vítor Loureiro (Yamaha WR 450F / IMS Yamaha) fechou o SARR 2024 em quinto (segundo na M2). Franklin Marques (KTM 450 EXC / Txai Rally Team) foi o sexto (terceiro na M2) e Moara Sacilotti (Yamaha WR 450F / Txai Rally Team) a oitava (quinta na M2).

Festa dos argentinos Jeremias Ferioli / Gonzalo Rinaldi (Can-Am Maverick X3 / Ferioli Racing) nos UTVs. Eles levaram a melhor na disputa com Bruno Varela / Enio Bozzano (Can-Am Maverick X3 / Monster Energy Varela Racing). Na quarta posição geral, Carlos Ambrosio / Cadu Sachs (Polaris RZR Pro R / Avenue – Cotton Racing) ficaram com a vitória na categoria T3.2.

Carlos Ambrósio / Cadu Sachs (vencedores UTV T3.2)

Mais rápidos da última etapa, Pedro Mac Dowell / Daniel Spolidorio (Polaris RZR Pro R / QI Racing) fecharam a prova em quinto, com Jorge Wagenfuhr / Humberto Ribeiro (Polaris RZR Pro R / Lifesil) em sexto (vices da T3.2) e Allan Cestari / Weidner Moreira (Polaris RZR Pro R / Ghia – Cotton) em sétimo (terceiros na T3.2).

Décima posição final para Carlos Castro Neto / Felipe Bianchini (Can-Am Maverick / Dango Racing), com Marcos Moraes / Fábio Pedroso (Polaris RZR Pro R / MEM) em 12°. Gabriel Varela / Enio Bozzano (Can-Am Maverick X3 / Monster Energy Varela Racing) ficaram com o 14° lugar e Patrícia Palma / Alison Pedroso (Polaris RZR Pro R / MEM) o 22°.

O segundo desafio do Sertões Series é o Sertões BRB 2024, de 23 a 31 de agosto, com largada e término em Brasília.